25 junho 2017

De mãos vazias


Aqui estou, Senhor, diante de Ti, simplesmente assim.... 
De mãos vazias com o meu olhar procurando o Teu.
 Ilumina-me e fortalece-me com  o Teu Espírito!
 Não me abandones, Senhor.
 Sei que sou fraca, que nem sempre Te amo e louvo como mereces,
mas aqui estou  diante de Ti assim, simplesmente assim....
De mãos vazias!


Desejo a todos um bom domingo. 
Abraço-vos na paz de Cristo. Ailime


Ailime
06.10.2013
(Reposição)

19 junho 2017

Confie...


Com um abraço fraterno.
Ailime

15 junho 2017

Corpus Christi

Hoje a Igreja celebra o dia de Corpus Christi.
 ‘Este é o meu corpo...isto é o meu sangue... fazei isto em memória de mim’.

 

Evangelho de João 6, 51-58
Naquele tempo,
disse Jesus à multidão:
«Eu sou o pão vivo descido do Céu.
Quem comer deste pão viverá eternamente.
E o pão que Eu hei de dar é a minha Carne
pela vida do mundo».
os judeus discutiam entre si:
«Como pode Ele dar-nos a sua Carne a comer?»
Jesus disse-lhes:
«Em verdade, em verdade vos digo:
Se não comerdes a Carne do Filho do homem
e não beberdes o seu Sangue,
não tereis a vida em vós.
Quem come a mina Carne e bebe o meu Sangue
tem a vida eterna;
e Eu o ressuscitarei no último dia.
A minha Carne é verdadeira comida
e o meu Sangue é verdadeira bebida.
Quem come a minha Carne e bebe o meu Sangue
permanece em Mim, e Eu nele.
Assim como o Pai, que vive, Me enviou, e Eu vivo pelo Pai,
também aquele que me come viverá por Mim.
Este é o pão que desceu do Céu;
não é como aquele que os vossos pais comeram, e morreram;
quem comer deste pão viverá eternamente».



Oração

 Na alegria de Te receber em mim, Senhor,
deixo-me envolver pelo Teu Espírito de Amor
que me fortalece e protege nos desígnios
que para mim traçaste.
Por isso te dou graças, Senhor.
Contigo os horizontes são mais belos,
as perspectivas mais alargadas e o
meu desejo de estar Contigo amplia-se.
Senhor, nunca me abandone e  permita-me que
seja digna de O receber  sempre no meu coração,
 que se regozija. (Ailime)


O meu abraço em Cristo!
Ailime




11 junho 2017

Solenidade da Santíssima Trindade

A minha partilha de hoje:

«A Solenidade que hoje celebramos não é um convite a decifrar o mistério que se esconde por detrás de “um Deus em três pessoas”; mas é um convite a contemplar o Deus que é amor, que é família, que é comunidade e que criou os homens para os fazer comungar nesse mistério de amor.»

2 Coríntios 13,11-13
Irmãos:
Sede alegres, trabalhai pela vossa perfeição,
animai-vos uns aos outros,
tende os mesmos sentimentos,
vivei em paz.
E o Deus do amor e da paz estará convosco.
Saudai-vos uns aos outros com o ósculo santo.
Todos os santos vos saúdam.
A graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus
e a comunhão do Espírito Santo
estejam convosco.



 Salmo Daniel 3,52-256

Louvor e glória ao Senhor para sempre.


Bendito sejais, Senhor, Deus dos nossos pais:
digno de louvor e de glória para sempre.
Bendito o vosso nome glorioso e santo:
digno de louvor e de glória para sempre.


Bendito sejais no templo santo da vossa glória:
digno de louvor e de glória para sempre.
Bendito sejais no trono da vossa realeza:
digno de louvor e de glória para sempre.


Bendito sejais, Vós que sondais os abismos
e estais sentados sobre os Querubins:
digno de louvor e de glória para sempre.
Bendito sejais no firmamento dos céus:
digno de louvor e de glória para sempre.



Evangelho João 3,16-18

Naquele tempo,
disse Jesus a Nicodemos:
«Deus amou tanto o mundo
que entregou o seu Filho Unigénito,
para que todo o homem que acredita n’Ele
não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus não enviou o seu Filho ao mundo
para condenar o mundo,
mas para que o mundo seja salvo por Ele.
Quem acredita n’Ele não é condenado,
mas quem não acredita n’Ele já está condenado,
porque não acreditou no nome do Filho Unigénito de Deus».


 Palavras para o caminho
«Um Lar incandescente! Um “Braseiro de Amor”, que tem como característica comunicar-se e nos tornar participantes do seu Amor, da sua Vida. «Deus amou tanto o mundo, que entregou o seu Filho Unigénito”, diz-nos S. João. Quanto a Paulo, propõe-nos alguns pontos de atenção para que os nossos diferentes lugares de vida – família, trabalho, bairro – se tornem verdadeiros “lares de amor”: sem pretensão, mas à imagem da Trindade»!

Desejo-vos um bom domingo.
O meu abraço na paz de Crsito.